História

Até 25 de Abril de 1974, os proprietários das escolas particulares faziam parte obrigatoriamente do Grémio Nacional dos Proprietários dos Estabelecimentos de Ensino Particular.

Este organismo não correspondia às necessidades já anteriormente sentidas, pelo que, a partir de 1972, vários encontros de responsáveis das escolas particulares se organizaram por iniciativa de um grupo de colégios do distrito de Leiria.

Em Junho de 1974, na impossibilidade de se fazer a transformação do grémio, criou-se a Associação de Representantes de Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo de Ensino Particular (AEEP). Dela podem fazer parte um representante da entidade proprietária e outro da direcção pedagógica de cada estabelecimento do ensino particular.

In Belchior, José Carlos. Liberdade de Ensino em Portugal, s.d.(1979?), Lisboa, Edições Critério.


Presidente da Direcção Nacional-Mandato

· Pe. Vítor Melícias (1975 - 1977)
· Pe. Nuno Burguete (1977 - 1987)
· Dr. Fernando Brito (1987 - 1990)
· Pe. Maurício Pinho (1990 - 1993)
· Pe. Amadeu Pinto (1993 - 1996)
· Pe. Joel Antunes (1996 - 1997)
· Pe. Nuno Burguete (1997 - 2004)
· Dr. Inácio Casinhas (2004 - 2007)
· Dr. João Alvarenga (2007-2013)
· Dr. António Sarmento (2013-2019)


Presidente da Mesa da Assembleia Geral-Mandato

· Dr. Eduardo Marques (1975 - 1977)
· Dr. Fernando Brito (1977 - 1979)
· Dr. Bernardino Teixeira de Carvalho (1979 - 1981)
· Dr. Frederico Valsassina (1981 - 1983)
· Dr. Frederico Valsassina (1983 - 1985)
· Pe. José Carlos Belchior (1985 - 1987)
· Pe. António Pedro dos Santos (1987 - 1990)
· Dr. António Lopes (1990 - 1993)
· Dr. Francisco Ruivo (1993 - 1996)
· Dr. Francisco Ruivo (1996 - 1997)
· Dr. Frederico Valsassina (1997 - 2004)
· Pe. José Carlos Belchior (2004 - 2007)
· Pe. Amadeu Pinto (2007 - 2010)
· Pe. Alfredo Cerca (2010-2013)
· Pe. Vítor Melícias (2013-2019)


Hoje, a Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo, designada por AEEP, rege-se por um estatuto aprovado em 2015.

Conta com cerca de 500 estabelecimentos associados, localizados em todo o continente e nas ilhas. A representação dos estabelecimentos na Associação é assumida pelo respectivo proprietário ou seu representante e pelo director pedagógico.